23 de mai de 2014

Medicamentos citotóxicos por via oral

Cada vez mais a via oral é utilizada para administrar medicamentos citotóxicos como terapia antineoplásica (capecitabina, melfalano, temozolomida). Desde o final de 2013, os planos de saúde estão obrigados a fornecer os medicamentos antineoplásicos para tratamento por via oral para uso em domicílio. Outras enfermidades, por vezes, também são tratadas com fármacos citotóxicos, como artrite reumatoide (metotrexato) e anemia falciforme (hidroxiuréia).
    Os agentes citotóxicos orais, assim como aqueles administrados por via parenteral, também apresentam reações adversas importantes e risco associado a erros de medicação. Estes medicamentos podem ter esquemas de administração bastante específicos, com doses semanais ou em ciclos, e como são muito tóxicos, pequenos equívocos na sua administração podem acarretar graves consequências.
    Em virtude dos riscos associados, é muito importante que os profissionais de saúde compreendam a forma de utilização dos agentes citotóxicos orais, as suas potenciais reações adversas e como minimizar erros de medicação, para que os pacientes recebam as orientações corretas.
    O artigo sobre uso seguro de medicamentos citotóxicos, intitulado Safe use of oral cytotoxic medicines, do boletim Australian Prescriber, apresenta orientações para a prescrição e dispensação seguras desses medicamentos, e sugere pontos importantes para a orientação adequada para o seu uso correto. Confira o artigo na íntegra clicando aqui.


Boa leitura,
Equipe CIM-RS.

Nenhum comentário: